quinta-feira, outubro 1
Shadow

Imbassahy está sem espaço na política baiana


Apesar de todas as tentativas de derrubada do ministro articulação política do presidente Michel Temer (PMDB) por parte de deputados do “centrão” terem sido infrutíferas, é na política baiana que Antonio Imbassahy (PSDB) enfrenta grandes dificuldades. Tamanho desgaste nos bastidores da política nacional também repercute na política local, algo que o deputado federal precisa pensar e se virar. Imbassahy, hoje, tem pequenas chances de ser indicado pelo PSDB para compor a possível chapa que deverá contar com prefeito de Salvador ACM Neto na disputa pelo governo estadual.
A alternativa seria sair para outro partido forte, o PMDB. No entanto, atualmente é uma sigla devastada na política local com o ocaso de Geddel Vieira Lima, o que impede o ministro de concorrer ao cobiçado cargo de senador. Além disso, circula nos bastidores que ACM Neto ainda não superou as decisões e declarações de Imbassahy na disputa pela Prefeitura da capital em 2008, quando os dois ficaram fora do segundo turno.
Outro fator que pesa contra Imbassahy é a avaliação que ele agrega quase nada a uma candidatura de Neto, uma vez que o tucano tem base eleitoral em Salvador e o eleitorado é o mesmo do demista. Some-se a isso o fato de que fundo partidário e eleitoral do PSDB estão garantidos para o DEM. Ou seja, Antonio Imbassahy é sem importância na composição majoritária na Bahia.(brasil247)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *