quinta-feira, novembro 15

Colégio cria Núcleo de Pesquisa Científica em Alagoinhas

O destaque alcançado em nível nacional por alguns estudantes do Colégio Estadual Deputado Luís Eduardo Magalhães, localizado no município de Alagoinhas (a 119 km de Salvador), por projeto de iniciação científica motivou a criação, na unidade escolar, do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Iniciação Científica (NEPIC). O funcionamento do núcleo no ano letivo de 2018 foi discutido, nesta segunda-feira (11), durante uma roda de conversa sobre o que é Ciências e o que é pesquisa científica.

O NEPIC, explica a professora de História, Maria de Lourdes Ramos, está sendo criado com um dos objetivos de disseminar ideias para o estudo das Ciências e a realização de pesquisas científicas no colégio.

“Outra finalidade é que os estudantes tragam novas ideias, através de pesquisas, com as quais eles se identificam, incluindo a música e outras formas de expressão artística, e que possam atrair a comunidade do entorno. Acredito que estamos iniciando um movimento importante na unidade, ligado ao Projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, por meio do qual os nossos alunos vão tentar solucionar problemas, sejam eles ambientais, sociais, de saúde”.

A estudante Tailane Menezes, 18, 4º ano do curso técnico de Recursos Humanos, está empolgada para lançar a ideia de um projeto dentro do Núcleo que desperte o interesse dos colegas pela leitura. “Vejo a pesquisa como forma de olhar o mundo de uma forma mais profunda, de enxerga-lo além do conhecimento básico que temos em sala de aula. Então, com o Núcleo, pretendo estimular a pesquisa sobre a importância da leitura”.

Também empolgado em poder contribuir com a pesquisa científica na escola, Romiel Santos, 16, 8ª série, conta que tem a ideia de desenvolver no Núcleo oficinas de pesquisas musicais. “Já quer toco vários instrumentos, como violão, guitarra, bateria, baixo e percussão, acredito que posso estimular os colegas a estudarem sobre a música e a importância dela no ambiente escolar”, diz o estudante multi-instrumentista.

Estudantes premiados – No último dia 5/12, no Rio de Janeiro, estudantes do curso técnico de Recursos Humanos do Colégio Estadual Deputado Luís Eduardo Magalhães receberam o prêmio Desafio Criativos da Escola, iniciativa do Instituto Alana, com o projeto “Da Escola Para o Mundo”, no âmbito do Programa Ciência na Escola da Secretaria da Educação do Estado. O projeto, orientado pela professora Maria de Lourdes Ramos, é voltado para jovens em situação de vulnerabilidade social e, pelo seu alcance e relevância social, já foi selecionado, premiado e exposto em feiras e mostras nacionais de Ciência e Tecnologia, em Recife, em Salvador e no Pará. Como uma das premiações, os estudantes já asseguraram participação, em 2018, na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), em São Paulo (Poli-USP).

 Fotos: Divulgação

ASCOM – Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *