quinta-feira, novembro 15

Alagoinhas – Oficina de reaproveitamento do óleo de cozinha é realizada na Associação de remanescentes quilombolas Fazenda Oiteiro, pela Gestão Ambiental BR-101NE/DNIT.

Oficina de reaproveitamento do óleo de cozinha  é realizada na Associação de remanescentes quilombolas Fazenda Oiteiro
Oficina de reaproveitamento do óleo de cozinha  é realizada na Associação de remanescentes quilombolas Fazenda Oiteiro

A Gestão Ambiental das obras de duplicação da BR-101NE/DNIT realizou a oficina sustentável “Reaproveitamento do óleo de cozinha na produção de Sabão Ecológico”, na sede da Associação de remanescentes quilombolas Fazenda Oiteiro, Alagoinhas, Bahia.
A oficina visou sensibilizar a comunidade para evitar o descarte inadequado do óleo de cozinha (usado) na geração de efluente que possa contaminar os recursos hídricos, por exemplo: 1 litro de óleo de cozinha tem a capacidade de contaminar aproximadamente 25 mil litros de água.
Oficina de reaproveitamento do óleo de cozinha  é realizada na Associação de remanescentes quilombolas Fazenda Oiteiro
Oficina de reaproveitamento do óleo de cozinha  é realizada na Associação de remanescentes quilombolas Fazenda Oiteiro

É importante ressaltar que uma pequena quantia do óleo inserido na natureza leva 14 anos para ser totalmente absorvida. Assim, o reaproveitamento desse óleo utilizado para a produção de sabão ecológico torna-se uma opção econômica e sustentável para o meio ambiente.
Essa atividade faz parte das ações socioeducativas previstas no Programa de Educação Ambiental e contou com a participação da comunidade, que após a oficina, manifestou-se satisfeita com a oficina realizada pela Gestão Ambiental BR101NE/DNIT e disposta a realizar o reaproveitamento do óleo de cozinha na produção do sabão ecológico.

Com Assessoria de Comunicação BR-101/NE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *