sábado, novembro 17

Alagoinhas recebe avaliadores do MEC para implantação do curso de Medicina

Alagoinhas recebe avaliadores do MEC
Alagoinhas recebe avaliadores do MEC

O Prefeito Joaquim Neto, os secretários Rodrigo Matos, da Saúde, Fabrício Faro, da Educação, e gestores da Faculdade Estácio de Medicina se reuniram hoje (4) com avaliadores do MEC que irão realizar uma visita técnica ao campus e verificar as unidades de saúde da rede municipal que servirão de campo de prática para os acadêmicos de medicina, computar dados e emitir um parecer para a implantação curso de Medicina na cidade.
Durante a apresentação, os avaliadores destacaram que a Prefeitura e a Secretaria estiveram desde o começo junto ao processo, solícitas a atender as demandas necessárias para viabilizar a implantação do curso. “Que o senhor consiga fazer com que esse avanço em Alagoinhas seja um marco na sua gestão”, desejou a avaliadora Réia Silvia Lemos ao Prefeito.
Joaquim Neto enfatizou que os serviços de saúde do município são procurados por cidades circunvizinhas – que totalizam mais de 30 municípios da região – e comentou sobre o projeto de construção de um Hospital próximo à Faculdade de Medicina. “Acredito que Alagoinhas vai dar um grande salto. Onde a Estácio está instalada é um vetor de conhecimento”, pontuou.
Alagoinhas recebe avaliadores do MEC
Alagoinhas recebe avaliadores do MEC

As instalações da Faculdade de Medicina contam com equipamentos tecnológicos modernos, laboratórios e uma diversidade de modelos anatômicos que deve permitir aos alunos simular exercícios e desenvolver competências para a prática médica. Na tarde de ontem (3), o prefeito Joaquim Neto, o Secretário de Saúde e o coordenador nacional dos cursos de Medicina da Estácio, Silvio Pessanha, oficializaram a parceria com a assinatura do Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino-Saúde, o COAP.
A partir de agora, os gestores aguardam o parecer do MEC para a publicação da Portaria e para o lançamento do edital. A Faculdade Estácio de Alagoinhas deve contar com 65 vagas, no total, sendo 2 bolsas integrais para alunos que se encaixem nos critérios do PROUNI de renda e sejam moradores nascidos em Alagoinhas. Se a avaliação do Ministério da Educação for positiva, a previsão é de que, a partir de março de 2018, a Faculdade comece a funcionar normalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *