quarta-feira, novembro 14

Prefeitura faz intervenções em estradas das zonas rurais para recuperação de vias

AA Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura (SEMAG) tem investido na recuperação de estradas rurais do município. Além dos trechos finalizados de obras da Fazenda Vitória até Buracica, a gestão atual iniciou a reforma das vias de Boa União, contemplando as localidades de Rio Seco e Guabiraba.
Só nesta região, a previsão é de que 7km sejam completamente recuperados até o início de fevereiro. De acordo com representantes da Secretaria, os equipamentos estão trabalhando para depositar brita na parte da ladeira e efetivar o melhoramento das vias.
As obras, entretanto, não são pontuais. Na região do Ponto do Beiju, a SEMAG vai iniciar a recuperação das vias Baixão e Olhos D’Água a partir de amanhã (25). A reforma deve durar cerca de 20 dias para o patrolamento, depósito do solo de brita e a instalação de pontos de escoamento das águas.
Na localidade do Rio Branco, a SEMAG, em parceria com a COPENER, deve começar as intervenções para recuperação das estradas com patrol e carro pipa na segunda-feira (29). Para a obra que será realizada na região, a União das Associações Comunitárias de Alagoinhas (UARA) conseguiu, junto à Ferbasa, a doação de britas que serão utilizadas no processo. A Prefeitura vai fornecer transportes e equipamentos para viabilizar a obra, que deve trabalhar também com cascalhos doados para a recuperação do trecho.
“Como as estradas mais demoradas já estão sendo recuperadas, acreditamos que, em meados de maio, concluiremos o atendimento a todas essas estradas que estão necessitando de serviços”, garantiu o Secretário de Agricultura, Geraldo Almeida.
Em Alagoinhas, o levantamento do censo de 2010 apontava uma população residente rural de 17.907 pessoas, e a SEMAG tem priorizado fortalecer a recuperação de vias que dão acesso a essas comunidades e associações para dar escoamento e incentivo à produção agrícola local.
“Estamos realizando um trabalho de atendimento às estradas como há muito tempo não se vê em Alagoinhas”, destacou o Secretário.
Fonte: Secom – PMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *