quarta-feira, outubro 17

Prefeitura de Alagoinhas nega compra de prêmio

A Prefeitura de Alagoinhas informou, por meio de nota, que a premiação do Instituto Tiradentes concedida ao prefeito Joaquim Neto (DEM) e secretários do município não tem relação alguma com qualquer tipo de pagamento. A prefeitura é uma das 27 da Bahia investigadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) por compra de diplomas e medalhas por suposto destaque na administração municipal.

Segundo a nota, o valor de R$ 750 corresponde à participação do ex-secretário de saúde, Rodrigo Matos, em um seminário promovido pelo mesmo instituto. O evento foi direcionado a vereadores, prefeitos, vice-prefeitos, procuradores e secretários de diversos municípios da Bahia. “Ou seja, o pagamento feito por Rodrigo Matos, não mais pertencente aos quadros do município, nenhuma relação guarda com o prêmio recebido pelo prefeito”, diz.

“Vale ressaltar, ainda, que não foi realizada nenhuma despesa com transportes, diárias e hospedagens para recebimento da honraria, entregue na cidade de Salvador, em outubro passado. A premiação, na verdade, se acumula a outras recebidas pelo prefeito ao longo da sua carreira e também na atual gestão”, informa a nota.

Fonte: correio 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *