quarta-feira, novembro 14

PROJETO CASULO: Formalização de parceria com o poder público beneficiará crianças nos municípios de Alagoinhas, Araçás, Catu, Entre Rios e Pojuca.

As organizações da sociedade civil e o poder público têm se unido cada vez mais, na implementação de iniciativas que contribuam para a construção de uma sociedade mais justa e equitativa, com igualdade de oportunidades.

No recorte dos direitos das crianças, onde é persistente a sobrecarga do trabalho da Rede de Proteção Integral, essa sinergia se configura como o melhor caminho para garantir o desenvolvimento integral e a vida plena das crianças, complementando a ação da família.

O Projeto Casulo nasce a partir dessa proposta: une o investimento financeiro da Petrobras com a expertise do Instituto Mãe Terra e o apoio do poder público municipal, que, juntos, colocam os seus ativos à disposição da luta pela redução da vulnerabilidade e risco social de crianças.

Para Maria das Graças, prefeita de Araçás, a iniciativa financiada pela Petrobras agrega muito ao trabalho já desenvolvido pelo município. “Temos certeza que será mais uma oportunidade para nossas crianças, principalmente aquelas que residem na zona rural do município”, enfatizou.

A iniciativa prevê a instalação de cinco núcleos para o atendimento no contraturno da escola. Além do município de Araçás, o projeto também atenderá crianças de Alagoinhas, Catu, Entre Rios e Pojuca, ofertando atividades para crianças de 06 a 12 anos incompletos, tendo como base o fortalecimento das capacidades da família, da escola e da comunidade.

Segundo Altemar Felberg, gestor técnico do projeto, há um grande ganho social quando os gestores municipais se mostram sensíveis aos direitos das crianças. “Nos cinco municípios onde será executado a nossa iniciativa, encontramos gestores sensíveis e engajados com a questão dos direitos da criança. Isso se materializou na assinatura dos termos de parceria e compromisso que viabilizará o transporte para as crianças”, argumentou.

Neste mesmo caminho, o projeto também prevê ações voltadas para o engajamento da população na proteção e promoção dos direitos da criança e do adolescente, dentre elas: oficinas para os pais e/ou responsáveis (tratando de temáticas como: violências, planejamento familiar, higiene, saúde e qualidade de vida) e; feiras de cidadania para crianças e suas famílias (tratando de diversas temáticas de interesse social), culminando com a realização de Seminário de Capacitação dos Profissionais que atuam na Rede de Proteção da Criança e do Adolescente.

 

ASCOM / Instituto Mãe Terra

MTB 5819/BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *