segunda-feira, setembro 24

Bahia tem 100 candidatos indeferidos pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu, até a tarde desta terça-feira (4), 100 candidaturas a deputado estadual e federal e suplência ao Senado na Bahia. A maioria dos candidatos indeferidos é formada por postulantes à Assembleia Legislativa, com 70 casos barrados pela Justiça Eleitoral. 

Depois aparecem os candidatos a deputado federal. Foram 26 indeferidos pelo TRE. Por fim, quatro postulantes a suplentes ao Senado também tiveram o registro negado pela Corte. Candidatos e partidos têm até o próximo dia 17 para regularizar a situação junto à Justiça. 

O PTC é o partido com maior número de candidatos indeferidos pelo TRE até agora, com 52 postulantes barrados, sendo que a maioria buscam o registro para concorrerem a deputado estadual. Em seguida aparece o PSOL, com oito casos. Depois vem o PHS, com cinco candidatos, seguido por PRTB e PSL, que tiveram, cada um, quatro candidaturas negadas. 

Em 15 dias, o TRE julgou 1.089  requerimentos de registro de candidatura referentes às Eleições 2018 na Bahia. Ao todo, 1.178 pedidos foram protocolados. Somente 89 candidaturas aguardam pelo julgamento.  

Segundo o TRE, para garantir o julgamento desses registros até o prazo estabelecido pelo calendário eleitoral (17 de setembro), a Corte está – desde o dia 15 de agosto – em regime de plantão, com funcionamento aos sábados, domingos e feriados.

O TRE-BA já aprovou o pedido de registro de candidatura de seis (dos sete), candidatos ao governo do Estado e seus respectivos vices: Célia Sacramento e José Itamário (Rede), João Henrique Durval Carneiro e Dra. Antônia (PRTB), João Santana e Jeane Cruz (MDB), Zé Ronaldo (DEM) e Dra. Mônica Bahia (PSDB), Marcos Mendes e Dona Mira (Psol) e Rui Costa (PT) e João Leão (PP). Apenas as candidaturas de Orlando Andrade (PCO) e seu vice, Silvano Alves, não foram julgadas.

Dos 11 candidatos ao cargo de senador, nove já tiveram seus registros julgados, todos deferidos. Os pedidos de registro dos candidatos Adroaldo dos Santos (PCO) e Celsinho Cotrim (PRTB) aguardam por julgamento.

No total, 143 candidaturas foram consideradas inaptas. Além dos indeferidos, há candidatos que renunciaram à disputa e outros que retiraram os pedidos de registro. 

Fonte: Correio 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *