quarta-feira, outubro 21
Shadow

Atirador dispara dentro de tribunal na Pensilvânia, nos EUA

Um atirador abriu fogo no tribunal de Justiça da cidade de Masontown, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Um policial e duas pessoas ficaram feridas. O atirador foi morto no local, segundo a rádio local WMBS.

Eric Randolph, advogado que testemunhou o ataque, afirmou para a rede de televisão Channel 11 que atirador entrou correndo na sala enquanto o juiz distrital, Daniel Shimshock, presidia um julgamento e disparou. Ele disse ter ouvido os estampidos e os gritos. Todo o incidente teria durado 30 segundos.

“Foi a coisa mais aterradora, para mim, ver o atirador chegando, varrendo a sala de balas e apontando a arma para mim. Então, ele simplesmente caminhou para fora”, relatou.

Ao sair do tribunal, o atirador foi morto por um policial. Ele não foi ainda identificado.

Masontown é uma pequena cidade a 85 quilômetros de Pittsburgh, segunda maior cidade da Pensilvânia. Pelo Twitter, a Polícia da Pensilvânia informou que está investigando o tiroteio.

Massacres em escolas e outros lugares públicos tornaram-se frequentes nos Estados Unidos. Em boa medida, por causa da facilidade de compra de armas e munições e da ausência de checagens do histórico dos compradores. Armas podem ser compras em hipermercados, sem a necessidade de uma licença especial de porte.

Por Márcio Ramos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *