sábado, novembro 17

Autoestima e fortalecimento de vínculos: Cras de Alagoinhas destacam ações voltadas para as mulheres

De segunda à sexta-feira, a Secretaria de Assistência Social (SEMAS) , por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), referenciados ao CRAS de Boa União, Nova Brasília, Riacho da Guia e Praça do Céu, realiza um extensa programação de atividades com grupos de idosas, adolescentes, mulheres e crianças, priorizando o atendimento por psicólogas e assistentes sociais aos usuários das áreas de maior vulnerabilidade e risco social do município.

Principal porta de entrada do Sistema Único de Assistência Social (Suas), além de ofertar serviços e ações de proteção básica, os CRAS promovem palestras educativas, rodas de conversa, atividades lúdicas e oficinas de capacitação.

E como parte da programação semanal, nesta segunda-feira (08), foram promovidas diversas ações voltadas ao grupo de mulheres. Em comemoração aos 15 anos do Estatuto do Idoso, no CRAS Riacho da Guia, o grupo participou de uma palestra em parceria com o Conselho do Idoso, no CRAS Boa União, foi oferecida uma oficina de mandalas, e no grupo de Mulheres do CRAS da Praça do Céu, foi abordado o processo de envelhecimento na perspectiva do eixo Cidadania e o Direito da Pessoa Idosa, na qual foi realizada uma oficina com massa de modelar. O recurso foi utilizado para representar o processo de envelhecimento e provocar reflexões sobre o tema.

Para a coordenadora do Cras de Boa União , Lízia Araújo,  estes são momentos importantes para as mulheres, nos quais são trabalhadas a autoestima, sociabilização e também a autonomia financeira, “Ao  lidar com pessoas, a grande questão não é “o que fazer”, mas “como fazer”. E no Cras Boa União, fazemos tudo com amor,  carinho e dedicação. Somos referência para as pessoas da comunidade. Lá elas se sentem em casa, afinal lá é a casa das famílias” explica Lízia.”As mesmas se sentem acolhidas e por isto trabalhamos em cima das relações que são estabelecidas, uma confluência de diversas emoções, desejos, modelos anteriores de relação, condições ambientais e outras variáveis estão juntas”, enfatiza a coordenadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *