sábado, novembro 17

Campanha do PT quer ‘desvincular’ Haddad de Lula, afirma dirigente

Foto: Roberto Viana/ bahia.ba

Apontado como principal responsável por colocar o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) no segundo turno presidencial, o ex-presidente Lula dever ser “desvinculado” do candidato no atual estágio da campanha, reforçou o presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação.

“É uma campanha curta. O apoio de Lula e a transferência de votos se mostraram eficientes. Agora ele [Haddad] tem que cuidar de fazer essa afirmação mais contundente de quem vai dirigir o Brasil. […]Desvincular mais essa discussão Haddad-Lula, e mais Haddad”, defendeu o dirigente, ao comentar o pedido feito por Lula para que o presidenciável não vá visitá-lo mais na prisão, em Curitiba.

Everaldo ainda minimizou o apoio dos tucanos baianos a Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno. “O PSDB da Bahia se tornou algo tão insignificante eleitoralmente que não pesa para o eleitorado. As pessoas comprometidas [do PSDB] com a democracia vão se incorporar [à campanha de Haddad]”, disse o petista. Segundo ele, herdeiros políticos de Mário Covas deveriam apoiar o presidenciável do PT.

bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *