quarta-feira, novembro 14

Presidente do Atlético de Alagoinhas, Raimundo Queiroz viaja a capital baiana para tentar convênio para o clube


Nesta quinta-feira (25), o presidente do Atlético de Alagoinhas, Raimundo Queiroz, viajou a capital baiana para tentar um convênio com Atlético do Paraná, para formação de jogadores, visando trazer jogadores para disputar o baianão 2019.

As conversas entre os dirigentes dos dois clubes tiveram início em junho passado.

O Atlético-PR dará suporte e emprestando jogadores ao Carcará, como é conhecido o time de Alagoinhas, em troca, tem preferência na escolha das revelações.

Com esse convênio firmado, iremos melhorar nossa infraestrutura e as condições de trabalho nas categorias, além da capacitação dos profissionais – comemorou Raimundo Queiroz, em suas redes sociais.

Esse convênio tem o apoio do prefeito de Alagoinhas que não pode ir a Salvador nessa oportunidade por motivo de compromissos, mas já teria viajado em junho para a capital paranaense em busca desse acordo.

Histórico

A busca do Furacão por clubes de menor expressão, com o intuito de buscar valores para o futebol profissional no futuro, não é novidade. No fim dos anos 90 e início dos anos 2000, a parceria mais conhecida e famosa foi feita com o Paraná Soccer Technical Center (PSTC), de Cornélio Procópio.

A preferência por destaques rendeu nomes como Kleberson, Fernandinho, Alan Bahia, Dagoberto e Jadson. Dentro de campo, o Atlético-PR foi campeão brasileiro, tricampeão estadual, além de vices da Série A e Libertadores.

Marcio Ramos

Jornalista DRT 5202/BA

Conselheiro ABI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *