segunda-feira, dezembro 17

Deficiente visual acusado de matar esposa é condenado a mais de 16 anos de prisão

Finalizado o julgamento do homem cego, suspeito de matar a própria mulher que estava grávida, foi condenado por júri popular a 16 anos e três meses de prisão em regime fechado, por homicídio duplamente qualificado.

Teodulo Ferreira dos Santos matou a mulher com uma facada no pescoço durante uma briga em Feira de Santana, a 100 km de Salvador. A sentença foi proferida na tarde desta terça-feira (13), após julgamento que durou mais de 8h.

O julgamento foi realizado no Fórum Desembargador Filinto Bastos, no mesmo município. Ele está preso desde a época do crime, em julho de 2017. Logo após a sentença, a defesa do acusado afirmou que vai recorrer da decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *