segunda-feira, maio 20

Após chuvas, prefeito Joaquim Neto visita pontos críticos da cidade e constata melhorias em regiões que passaram por intervenções

Prefeito Joaquim Neto em visita à Comunidade do Jambreiro.

Com a previsão de chuva, a Prefeitura de Alagoinhas acendeu o alerta e montou uma força-tarefa para o trabalho de prevenção, com a finalidade de minimizar os impactos. Para além destas ações pontuais, foram realizadas obras importantes, como drenagem, desassoreamento das lagoas e macrodrenagem, ainda em andamento em regiões que tinham histórico de alagamento.

Visitando pontos específicos da cidade que costumavam gerar transtorno para a população, o prefeito Joaquim Neto constatou que nas localidades em que a prefeitura atuou já não há mais pontos de alagamento. “Nossa grande preocupação é com o transtorno gerado em dias de chuvas fortes e às vezes nem precisa ser tão forte assim para causar impacto negativo. Então nós focamos em obras de drenagem, fizemos o desassoreamento das lagoas e estamos em andamento com a obra de macrodrenagem das poligonais que é a maior intervenção da história de Alagoinhas na prevenção de alagamentos”, afirma.

A população já começa a sentir os efeitos as intervenções, visto que não há notificação oficial de alagamentos de residências, desabamentos ou qualquer outro tipo de prejuízo. Regiões como Jambreiro, Parque das Jaqueiras e próximas a Lagoa da Cavada já respiram mais aliviadas por conta das ações realizadas pela prefeitura.

No Jambreiro  drenagem e o asfaltamento garantiram segurança aos moradores. “Estou muito satisfeito com o que vejo aqui no Jambreiro agora, quem mora há muito tempo nessa rua sabe o sufoco que passava e hoje, depois do trabalho que fizemos conseguimos reagir bem a chuva e os moradores não foram impactados, não tem ponto de alagamento”, confirma Joaquim Neto.

Para passar no teste e resistir bem a chuva foi necessário investir em obras que não são tão visíveis aos olhos, mas que fazem toda diferença na vida das pessoas.

A mais importante delas é a que ainda está em andamento, a Macrodrenagem das Poligonais, que já passou pela Dantas Bião, Loteamento Frei Leão, e atualmente na Paulo Afonso e Parque das Jaqueiras, mais precisamente na Rua F, além dessa intervenção que é a maior de todos os tempos para prevenção de alagamentos, foram feitas obras de drenagem em diversas ruas da cidade que apresentavam histórico negativo nos períodos chuvosos, a exemplo da Rua das Amendoeiras, que hoje não alaga mais.

Outro ponto positivo, fruto das atividades feitas pela prefeitura numa ação conjunta entre secretarias foi o desassoreamento das lagoas, resultando na resistência da região da Cavada e Baixa da Santinha, que não alagaram também.

Mesmo com o saldo positivo a administração municipal segue atenta e com equipes nas ruas para realizar serviços pontuais, como varrição, capina, poda, roçagem de matagais, retirada de entulhos, reparos em manilhas, recomposição asfáltica, limpeza e desobstrução de canais, bocas de lobo e das redes de drenagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *