Número de acidentes nas rodovias baianas cai 25% no feriado da Semana Santa, aponta PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou, às 23h59 deste domingo (21), a Operação Semana Santana realizada nas rodovias federais que cortam a Bahia. Iniciada na última quinta-feira (18), a PRF teve como foco principal: ações de controle de velocidade com radares portáteis, fiscalização de ultrapassagens em trechos de pista simples e o combate a embriaguez ao volante.

Também foram alvo prioritário das ações fiscalizatórias da PRF, o uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, além de fiscalizações específicas de motocicletas, condições de conservação dos veículos e abordagens a ônibus de viagem.

O feriado de Páscoa é a segunda operação de maior fluxo de veículos nas rodovias baianas, atrás, apenas do São João.

Neste feriado prolongado, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo no policiamento ostensivo e preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade, distribuído em aproximadamente dez mil quilômetros de malha viária.

A Operação Semana Santa 2019 está integrada à Operação Lábaro, que tem como principais objetivos reforçar a segurança nas rodovias, combater o crime organizado e reduzir a violência no trânsito.

Infrações

Apesar de todo o trabalho educativo, a PRF ainda flagrou e autuou diversos condutores agindo com imprudência, falta de cuidado e desrespeito às Leis de Trânsito nas rodovias federais do estado.

Nestes quatro dias de Operação a PRF autuou 2.570condutores cometendo infrações diversas. Uma das infrações mais constatada, a ultrapassagem proibida, que lamentavelmente é a que mais causa acidentes com consequências graves foram 659 autos extraídos. Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é o tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro.

Foram fiscalizados um total de 7.565 veículos e 7.491 pessoas no período da operação. Também foram realizados 3.223 testes com etilômetro (bafômetro), que flagraram 65 condutores dirigindo sob efeito do álcool. Comparando-se com o feriado de 2018 houve um aumento de 48%, tendo em vista que no ano anterior foram 44 autuados quanto à alcoolemia, infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70.

Durante as fiscalizações, a PRF também emitiu 35 autos de infração para motociclistas sem capacete e 32motoristas foram flagrados trafegando com crianças sem o dispositivo de segurança (cadeirinha). Já os autos emitidos referente aos veículos flagrados, pelos radares, acima da velocidade permitida para a via totalizaram 4.037 infrações. Sem o cinto de segurança foram 166 autuações, elevação de 5% em relação a 2018 (158).

Campanha educativa

Além do patrulhamento ostensivo a PRF realizou ações educativas para o trânsito que teve como público-alvo usuários da rodovia, como condutores e passageiros, sendo sensibilizadas 902 pessoas, por meio de campanhas como o Cinema Rodoviário – Comando, em que os usuários são convidados a ouvir palestras bem como recebem dicas de segurança visando à assimilação de hábitos e atitudes responsáveis no trânsito.

Acidentes, feridos e óbitos

Apesar do crescimento acelerado da frota nacional de veículos a cada ano, o balanço aponta uma redução significativa no total de acidentes, feridos e mortos. Conforme dados do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran, só no estado da Bahia a frota em 2018 totaliza 4.139.107 veículos.

Em relação ao mesmo período do ano anterior, a PRF na Bahia registrou uma redução de 25% no número de acidentes totais, 52em 2018 contra 39 este ano. Destes, 14foram acidentes graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente, número que representa uma redução de 18% em relação ao mesmo período do ano passado. Este ano, 08 pessoas morreram durante o feriado nas rodovias baianas, redução de 27% com relação ao ano anterior, quando 11 pessoas vieram a óbito. Contrariando os demais índices, o número de pessoas feridas aumentou 17% saindo de 53 para 62.

201720182019
Acidentes695239
Acidentes graves181714
Feridos585362
Óbitos09118

Operação Semana Santa – Comparação de acidentes, feridos e mortes nos últimos 3 anos

Fonte: Polícia Rodoviária Federal – PRF

Dados das ocorrências que resultaram em mortes

DataHorárioLocalTipo acidenteVeículos envolvidosVítimas fatais
19/04/1900h37Br 242 – Km 840 – BarreirasColisão frontalVan e Caminhão04 vítimas (03 ocupantes da Van e 01 do caminhão)
19/04/1921h05Br 324 – Km 615Atropelamento de pedestreÔnibus e Pedestre01 vítima (pedestre)
20/04/1905h15Br 407 – Km 203 – CaémColisão traseiraMotocicleta e Automóvel01 vítima (condutor da motocicleta)
20/04/1915h45Br 116 – Km 704 – JequiéColisão frontalÔnibus, Caminhão e Automóvel01 vítima (condutor do caminhão)
21/04/1918h30Br 242 – Km 785 – BarreirasColisãoMotocicleta e Automóvel01 vítima (condutor da motocicleta)

Fonte: Polícia Rodoviária Federal – PRF

Enfrentamento a criminalidade

Durante os quatro dias da operação, a PRF na Bahia recuperou 2 veículos e 21 pessoas foram detidas por diversos crimes. Também foi responsável pela apreensão de 2.000g de cocaína.

Destaca-se a apreensão de transporte ilegal de mercadorias. A ocorrência foi registrada na manhã de quinta-feira (18), no Km 421 da BR 116, trecho do município de Feira de Santana, durante abordagem ao veículo FIAT/Strada, conduzido por um homem de 36 anos. Ao todo foram apreendidos 760 litros, entre bebidas e energéticos. Parte do material estava sem o devido desembaraço aduaneiro e a outra parte sem apresentação documento fiscal, ensejando os crimes de ordem tributária e descaminho. A ocorrência foi encaminhada à Secretaria da Fazenda (Sefaz/Ba).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *