Com homenagem de motociclistas, jovem atingido por ambulância é enterrado; equipe médica foi afastada

Foto: Reprodução/Facebook

Com homenagem de motociclistas, o jovem de 20 anos, que morreu depois que a motocicleta que ele pilotava foi atingida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi enterrado na manhã desta terça-feira (23), em Alagoinhas.

Conforme o coordenador do Samu, Henrique Santana, a equipe da ambulância que atingiu Paulo Luiz Silva Santos Neto foi afastada por problemas psicológicos. O acidente ocorreu em um cruzamento, no centro do município, na segunda-feira (22).

O corpo de Paulo Neto foi enterrado no Cemitério Praça da Saudade, na presença de familiares e amigos. O sepultamento aconteceu por volta das 11h.

Motociclista morre após batida com ambulância do Samu em Alagoinhas
Motociclista morre após batida com ambulância do Samu em Alagoinhas

De acordo com a polícia, a ambulância transportava uma equipe médica para atendimento na região. O veículo atingiu a motocicleta na lateral.

Segundo informações da polícia, Paulo Neto chegou a ser socorrido pela equipe do Samu que estava na ambulância, mas não resistiu e morreu no local do acidente. O condutor da viatura foi encaminhado para a delegacia da cidade, onde prestou depoimento. Em seguida, o homem foi liberado.

O delegado Ariston Brito, que apura o caso, informou que o motorista não foi autuado em flagrante porque permaneceu no local do acidente e ajudou a prestar socorro. O homem deve responder em liberdade. O caso está sob investigação da Polícia Civil.

Em nota, a Prefeitura de Alagoinhas lamentou o acidente, informou que a ambulância seguia os protocolos de rotina, com giroflex e sirene acionados, e ressaltou o atendimento da equipe médica após a situação.

No comunicado, a prefeitura informou, ainda, que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também lamenta profundamente a morte do jovem.

No perfil de Paulo Neto no Facebook, amigos e familiares deixaram mensagens de luto. “Infelizmente, é difícil de acreditar. Conversei com você dias atrás. Descanse em paz, meu anjo”, escreveu uma amiga. “Vai fazer falta nego Paulo. Tá no coração, irmão”, disse outro amigo.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *