terça-feira, agosto 20

Fazendeiro é preso por rede clandestina de energia

Foto: Divulgação / Coelba

Um fazendeiro foi preso em flagrante por furto de energia elétrica e levado para a Delegacia Territorial de Nova Viçosa, no sul da Bahia.

A fazenda de coco e secagem de café no Córrego do Marobá tinha uma rede clandestina com três transformadores e 1,3 km de extensão de rede elétrica conectados na rede da Coelba sem equipamentos de medição, informou a concessionária.

Conforme a empresa, a energia recuperada na operação é suficiente para abastecer 3,5 mil residências durante um mês. A pena para furto de energia pode chegar até a oito anos de reclusão, prevê o Código Penal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *