Escolas da rede estadual mobilizam alunos para inscrição no Enem

Projeto Enem 100% orienta estudantes nas inscrições para o exame Foto: Carol Garcia/GOVBA

As inscrições para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão abertas até 17 de maio.

Para dar suporte às escolas da rede estadual de ensino durante o processo, a Secretaria da Educação do Estado iniciou, nesta segunda-feira (6), o projeto Enem 100%, disponibilizando computadores com acesso à internet para que os estudantes possam se inscrever nas próprias unidades de ensino.

As inscrições são feitas exclusivamente no portal do Inep (enem.inep.gov.br). De acordo com o vice-diretor da Escola Estadual Mestre Paulo dos Anjos, no Bairro da Paz, Fernando Lima, a mobilização ajuda a dar mais confiança aos candidatos.

Projeto Enem 100% orienta estudantes nas inscrições para o exame Foto: Carol Garcia/GOVBA

“Esse é o momento de alimentar os estudantes com todo o apoio possível, para que eles possam realizar o sonho de ingressar no ensino superior. Estamos abertos para receber qualquer pessoa que queira se inscrever, seja um aluno ou morador da comunidade. Isso é importante porque alguns interessados, infelizmente, acabam desistindo de participar por não possuírem acesso à web em casa”, afirma. 

Ainda com o interesse dividido entre os cursos de informática e design, o estudante Marcos Suel vive a expectativa para o início de uma nova etapa. Ele realizou a inscrição do Enem na própria escola. “Eu me sinto preparado, mas ficar nervoso é inevitável. Fiquei feliz que hoje pude fazer a inscrição com meus colegas. A gente se apóia. É um sentimento gostoso saber que nós vamos passar por isso juntos”, destaca. 

Outras ações
Além da mobilização dos estudantes para a inscrição, o Enem 100% envolve o fortalecimento da aprendizagem, por meio do projeto Redijaê e dos Aulões de Revisão.

Os aulões, promovidos no período de 15 de julho a 25 de outubro, no Auditório da Secretaria da Educação, visam ampliar as competências cognitivas e socioemocionais dos estudantes do 3º ano do Ensino Médio, com foco na melhoria do desempenho no Enem. 

Já o Redijaê é uma ação para fortalecer a produção textual por meio da Sala de Aula Virtual (Google Classroom), com foco na melhoria da proficiência escrita dos estudantes. Os temas sugeridos nas redações do Redijaê deste ano são: ‘Direitos e deveres do cidadão no Brasil contemporâneo’; ‘O mundo do trabalho e as perspectivas de futuro’; e ‘Imigrações e a crise dos refugiados’. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *