Shadow

Grupo encerra situação de emergência no litoral baiano por manchas de óleo

O Comando Unificado de Incidentes, criado para o desenvolvimento de ações coordenadas em resposta ao avanço das manchas de óleo no litoral baiano, teve o caráter de emergência encerrado ontem (19), de acordo com comunicado da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema). 

No entanto, as instituições representadas vão continuar a se reunir de maneira sistemática, subdivididas em Grupo Temáticos (GTs), para ações de pesquisa, monitoramento e redução dos impactos socioambientais das manchas de óleo.

O próximo encontro acontecerá no dia 8 de janeiro, a fim de debater a realização de um seminário internacional sobre as ações do pós-óleo, com data prevista para março de 2020. 

Entre os 32 municípios baianos impactados pelas manchas de óleo, 22 declararam e tiveram reconhecido o estado de situação de emergência.

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) já recolheu 385 toneladas de resíduos, coletados pelos municípios. Algumas cidades, a exemplo de Ituberá, reportaram manchas de óleo em suas praias na última semana, mas com volume significativamente menor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *