segunda-feira, março 30

Novo Centro de Convenções de Salvador será inaugurado no dia 26 de janeiro

(Foto: Reprodução/Twitter/ACM Neto)

O novo Centro de Convenções de Salvador já tem data de inauguração definida: 26 de janeiro. O anúncio foi feito nesta terça-feira (7) pelo prefeito ACM Neto, através de suas redes sociais.

“Anota aí a data da inauguração mais importante do ano de 2020. A Bahia precisava e a Prefeitura que mais trabalha no Brasil fez! Marque aquele @ que precisa saber dessa novidade”, escreveu o gestor municipal. O equipamento será administrado pelos franceses da GL Events por 25 anos. 

Em fase avançada de obras, o Centro de Convenções de Salvador fica na Boca do Rio, no antigo Aeroclube. O espaço contará com duas praças de exposição, seis escadas rolantes, seis elevadores, oito auditórios moduláveis de 800 m² cada. A estrutura terá também seis salões de 522 m² cada, 12 salas de 236 m² e 28 espaços de reuniões que têm possibilidade de virar camarotes tanto para os eventos externos – como os shows voltados para o mar – quanto os internos. 

No segundo piso haverá um restaurante que, por enquanto, funcionará apenas durante eventos e será gerenciado pela própria GL Events. Na parte voltada para o mar, onde acontecerão grandes shows, a divisão entre a calçada e a ciclovia da orla não terá muro, e sim um gradil para preservar a mirada azul da praia. O estacionamento terá 1,4 mil vagas.

Neste ano, o Centro já abrirá as portas para receber diversos eventos, como o Congresso Nacional de Hotéis; a Feira SuperBahia e Convenção Baiana de Supermercados, Atacados e Distribuidores; Bienal do Livro; Festival Afropunk.

Sobre a autoridade da prefeitura quanto ao uso do Centro de Convenções para a realização de eventos, o secretário explicou que a gestão municipal tem direito de ocupar o equipamento em determinados períodos do ano. 

Até 2024, a GL Events tem mais de 30 eventos no radar para o equipamento. A empresa ficará a cargo dos custos de manutenção, assim como captação e contratação dos eventos. A partir de agora, caberá à GL também definir as tarifas de locação das dependências. A empresa é a mesma administradora de espaços como Riocentro e a Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, e a São Paulo Expo.

Para fazer a gestão, a GL Events terá que investir R$ 10 milhões em outorga fixa. A primeira foi paga com a assinatura do contrato, este mês. A próxima será após seis meses de concessão. Além disso, após seis anos, a nova gestora deve pagar uma outorga variável equivalente a 5% da receita bruta no período e deve investir mais R$ 14 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *