segunda-feira, setembro 21
Shadow

Joaquim Neto Sanciona lei que regulamenta o serviço de mototáxi em Alagoinhas

Sancionada na manhã desta terça-feira (04), na sede da SMTT- Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito, pelo prefeito Joaquim Neto, a Lei Municipal, que institui e regulamenta o serviço de transporte individual de passageiros por motocicleta, denominado moto-taxista, no município de Alagoinhas.
“O governo tem trabalhado muito e avançado em várias áreas. Dentro do plano de reconstrução, mais um passo foi dado com a regulamentação do serviço de moto-táxi, dando uma profissão para muitos pais de família. Além disso, a normatização oferece segurança a esses profissionais e principalmente às pessoas que utilizam esse tipo de transporte. O passageiro terá um serviço regulamentado, vistoriado, com utilização de equipamentos de proteção para ambos e isso é mais uma vitória com sentimento de dever cumprido”, ressaltou o prefeito.
A comissão de Motociclistas e Mototaxistas lembrou que desde o ano de 2009, a categoria lutava pela regulamentação do serviço e que a população vai poder utilizar o transporte sabendo por quem está sendo conduzido. Esse fator trará segurança tanto para o moto taxistas, quanto para os passageiros. Na análise de André Rego que faz parte desta comissão que levou esse pedido a Joaquim, a Câmara Municipal foi parte crucial no processo para reconhecimento do trabalho desenvolvido pela categoria e claro com decreto do prefeito de nosso município da nova lei.
“O prefeito Joaquim Neto dá mais uma mostra de que se preocupa com o povo de Alagoinhas e com a nossa classe, quando regulamenta a profissão de vários pais de família. Eles serão treinados e capacitados para transportar passageiros”, afirmou André. A legislação estabelece, entre outros pontos, equipamentos obrigatórios para o transporte de pessoas, motos padronizadas e identificação do condutor.
Depois da assinatura os moto-taxis saíram em carreata da sede da SMTT para homenagear o prefeito, percorrendo até a Paço Municipal com o chefe do executivo como passageiro.

Marcio Ramos
Jornalista DRT 5202/BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *