quarta-feira, setembro 30
Shadow

Trios começam a ser vistoriados para o Carnaval de Salvador

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

Como mais uma forma de garantir a segurança dos foliões durante o pré-Carnaval e o Carnaval, a Prefeitura, por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), instalou mais uma vez no Parque de Exposições a Central de Vistoria do Carnaval. A estrutura já começou a funcionar e segue até o dia 21 fiscalizando trios, minitrios, carros de apoios, de som, alegóricos e de equipamentos sonoros. O horário de funcionamento da central é das 8h às 18h.

Neste ano, todos os veículos que serão utilizados na folia serão pesados. Cada modelo terá um valor máximo de peso que será permitido já contando com a instalação dos equipamentos de som, luz e demais componentes. Caso o veículo exceda o limite indicado para o modelo do veículo, ele terá que ser adequado para que a licença possa ser liberada.

Além do peso, durante a vistoria são analisados os itens de segurança, condições mecânicas e operacionais, equipamentos de prevenção e combate a incêndios, pneus e protetores de rodas, sistemas de freio, documentação do veículo e do condutor e estrutura do posto médico. Além disso, sanitários e lanchonetes precisam atender às normas da Vigilância Sanitária.

Para que os representantes de cada marca participante da folia consigam a licença para os trios ou carros de apoio, é necessário que os equipamentos sejam vistoriados e aprovados pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agrimensura (Crea), Departamento de Polícia Técnica (DPT), Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Participam também do processo de fiscalização a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e as pastas estadual e municipal da Fazenda e da Saúde.

Documentos – Os representantes dos veículos que desfilarão no Furdunço e no Carnaval de Salvador devem se dirigir à Central de Vistoria portando o documento do veículo; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos motoristas; e certificado do curso do Detran para eventos.

Após apresentação dos documentos, é entregue uma cartilha para que o responsável procure cada estande correspondente para que a vistoria seja realizada. Os responsáveis pelos blocos também devem apresentar a ata de fundação do grupo, CNPJ e dados pessoais do presidente.

Balanço de 2019 – No Carnaval do ano anterior, a Central de Vistoria do Carnaval licenciou 115 veículos, entre trios, minitrios, triciclos, carros de som, pranchão e demais modelos. Neste mesmo período, a central vistoriou 82 blocos.

SECOM – Secretaria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *