Shadow

Testes do novo coronavírus esgotam em laboratórios particulares de Feira de Santana

Os testes do novo coronavírus (Covid-19) estão sendo feitos em alguns laboratórios particulares de Feira de Santana, porém o exame que custa cerca de 340 reais, no momento está em falta, devido à grande procura. O gerente administrativo do laboratório Análise, Eduardo Borges, afirmou que no momento não tem material para fazer o teste particular. As informações são do portal Acorda Cidade.

“Estávamos fazendo, mas a procura foi muito grande, que em todo o Brasil o teste já não é encontrado na rede particular. Estamos aguardando os próximos dias, pois há uma promessa dos fornecedores em reabastecimento do mercado. Mas hoje, por conta da demanda, não vamos encontrar um laboratório privado que tenha disponibilidade para fazer esse teste. Acredito que nos próximos oito dias teremos o kit para fazer o exame”, informou.

Apesar disso, Eduardo Borges destaca que ainda não há a necessidade das pessoas correrem para a rede privada para fazer o teste. Ele afirma que esse é um exame simples, que não é feito através da coleta sanguínea e sim feito com swab, que é tipo um cotonete maior, que é introduzido na garganta e também nas duas narinas. O exame é feito exclusivamente em domicílio.

“Ninguém pode vir ao laboratório com requisição médica, que nenhum laboratório vai fazer o exame. Isso é recomendação da Secretaria de Saúde, pois em domicílio tem uma exposição menor do paciente e o nosso técnico vai com equipamentos de segurança específicos e depois tudo é descartado e jogado em lixo hospitalar. Quando o exame dá positivo, temos a obrigatoriedade de informar à Secretaria de Saúde e entregar o endereço do paciente”, diz.

Segundo o gerente administrativo, o exame custa cerca de 340 reais e há uma tendência de aumentar, devido ao movimento que está acontecendo no mercado, inclusive com o aumento do dólar.

Com relação aos planos de saúde, que já foram notificados pela Agência Nacional de Saúde (ANS) para cobrir o teste do coronavírus, Eduardo Borges informou que, por enquanto, os laboratórios baianos estão em fase de negociação dos valores com as seguradoras. Por isso, nenhum plano ainda conseguiu disponibilizar o serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *