quarta-feira, abril 1

Governador Rui Costa suspende transporte de ônibus e vans em Feira de Santana, Salvador, Porto Seguro e Prado

O governador Rui Costa (PT) anunciou nesta quarta-feira (18) a suspensão de todas as aulas nas redes pública e privada de todo o estado baiano como parte de um novo conjunto de medidas contra o novo coronavírus (Covid-19). A medida vale por 30 dias.

As aulas haviam sido suspensas apenas nas regiões com casos da doença já confirmados: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro e Prado.

Outra restrição adotada nesse plano de contingência é a suspensão do transporte intermunicipal nas cidades citadas acima. As medidas foram anunciadas durante vistoria no Hospital Espanhol, na Barra. O equipamento foi liberado pela Justiça Federal para o Estado utilizar leitos caso preciso no futuro internar pessoas infectadas pelo vírus.

“Assino o novo decreto com novas restrições. Vamos suspender todo tipo de transporte público para as quatro cidades que estejam com casos confirmados, a partir das 00h de sexta-feira (20). O último ônibus saindo de Salvador será às 00h de quinta para sexta. Na sexta, 8h, nós começaremos a fiscalização. E, no sábado, nós não permitiremos também mais chegadas de ônibus”, disse o governador.

De acordo com Rui, a medida no transporte vale por dez dias, como forma de limitar a movimentação de pessoas entre essa cidades, bem como evitar visitantes de outras regiões que possam estar infectados.

“Inclusive não permitiremos a saída de transporte interestadual. Há de se discutir a competência, mas nós vamos limitar e espero que o governo federal mantenha a decisão do governo do Estado, porque não é possível ficar recebendo pessoas de áreas de epidemias já comunitária, como Rio e São Paulo”, declarou.

A medida vale também para o transporte de vans, de acordo com o chefe do Palácio de Ondina. “Especialmente na região de Feira e Porto Seguro, a Agerba, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária vão agir. Quero deixar registrado que aqueles veículos que forem pegos fazendo transporte entre essas cidades serão presos”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *