quinta-feira, setembro 24
Shadow

Prefeitura de Alagoinhas prorroga suspensão das aulas até 17 de abril

Em um novo decreto  publicado nesta quarta-feira (1), o prefeito Joaquim Neto decidiu pela  prorrogação da suspensão das aulas em unidades de ensino da rede municipal pública e privada. Interrompidas desde 18 de março, as aulas seguirão suspensas até 17 de abril.

“Com três casos confirmados de pacientes infectados pelo vírus no município, não podemos regredir nas regras de restrição de contato. Embora na maioria dos casos não desenvolvam a doença com gravidade, jovens e crianças são considerados transmissores do coronavírus e esta é mais uma medida que segue as orientações do Ministério da Saúde e OMS”, pontuou o prefeito.

Para evitar que os alunos da rede municipal fossem prejudicados, a Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) disponibilizou um espaço virtual com atividades complementares. O “portal virtual de aprendizagens” é organizado por segmento e modalidades, da Educação Infantil à Educação para Jovens e Adultos (EJA), com conteúdo também para o Ensino Fundamental Anos Iniciais, o Ensino Fundamental Anos Finais e a Educação Inclusiva. São exercícios de Matemática, Língua Portuguesa, textos, sugestões de perguntas para responder em casa, caça-palavras e atividades de diversas áreas do conhecimento para cada série escolar.

Atualizado com atividades que chegam semanalmente aos estudantes e disponibilizado no site da prefeitura, através da aba https://www.alagoinhas.ba.gov.br/index.php/atividades-complementares/ , o material também é compartilhado em grupos  do Whatsapp compostos por  alunos e professores. A Prefeitura conta, ainda, com o apoio do programa “Educar pra Valer”, nacionalmente reconhecido, que tem contribuído com orientações e estratégias junto à equipe técnica, no que se refere às atividades complementares.

Outra ação importante diante da suspensão temporária das aulas é a entrega de cestas básicas a cada aluno matriculado em escola pública do município. A medida adotada pelo prefeito Joaquim Neto é uma forma de garantir apoio nutricional aos estudantes, em substituição à merenda escolar durante o período de isolamento.

De acordo com a SEDUC, a entrega dos alimentos será iniciada nesta quinta-feira (2), e a logística de distribuição será organizada por unidade de ensino, para evitar aglomerações, conforme calendário já divulgado no site da Prefeitura.

Pelo decreto 5.252, a suspensão do funcionamento de academias, parques infantis, cinemas, clubes sociais e similares também foi prorrogada até o dia 17 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *