quarta-feira, setembro 30
Shadow

Com coronavírus, comércio de Alagoinhas já demite funcionário e cortes podem atingir mais de 100 postos de trabalhos

Em meio às ordens para fechamento do comercio, e após 10 dias de isolamento voluntário da população, como tentativa de conter a escalada dos casos de coronavírus em Alagoinhas, os varejistas refazem as contas, renegociam pagamentos a fornecedores e dizem que, inevitavelmente, começarão a demitir seus funcionários a partir da semana que vem.

O comércio de Alagoinhas segue o mesmo ritmo dos demais municípios brasileiros e do resto do mundo que se isolaram por causa do coronavírus. Até o momento duas indústrias já deram férias coletivas aos seus funcionários.

Estimativas de entidades patronais, falam em até 100 pessoas desempregadas no comércio de Alagoinhas na próxima semana.

Os empresários já vêm de um longo período de vendas fracas e não têm, neste momento, caixa para manter impostos, aluguel de ponto e folha salarial com os empreendimentos fechados.

Além das demissões, os comerciantes tentam renegociar os contratos de locação, assim como prolongar os pagamentos dos fornecedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *