quinta-feira, setembro 24
Shadow

Assembleia Legislativa da Bahia aprova estado de calamidade pública em Alagoinhas

A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovou, em sessão virtual na manhã desta quarta-feira (8), o projeto de decreto que reconhece o estado de calamidade pública em Alagoinhas até dia 31 de dezembro de 2020. O projeto, enviado pelo prefeito Joaquim Neto, faz parte das medidas de enfrentamento ao coronavírus na cidade.

Com o reconhecimento do estado de calamidade pública, o município fica autorizado a fazer despesas que não haviam sido previstas no orçamento, sem que o ato implique em crime de responsabilidade fiscal. O intuito é custear ações para conter a transmissão do vírus e oferecer os cuidados necessários à população.

Desde o início do mês de março, o governo municipal vem adotando medidas preventivas ao contágio da doença Entre elas, estão campanhas educativas, restrições ao funcionamento do comércio, suspensão das aulas nas unidades de ensino municipais públicas e privadas, a proibição de aglomerações de pessoas em eventos e barreiras sanitárias.

De acordo com o boletim epidemiológico do novo coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde (SESAU), nesta quarta-feira (08), Alagoinhas registra 5 casos confirmados da COVID-19, 15 suspeitos e 71 pessoas permanecem em monitoramento pelas equipes da Vigilância Epidemiológica. Até o momento, 108 casos foram descartados entre excluídos por diagnóstico laboratorial negativo ou investigação. A cidade não registra nenhum óbito pela doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *