quarta-feira, setembro 30
Shadow

Medidas adotadas pela Prefeitura de Alagoinhas evitam aglomerações nas filas das agências da Caixa

Uma intervenção da Prefeitura de Alagoinhas mudou o cenário de grande volume de pessoas nas portas das instituições em busca de atendimento do Auxílio Emergencial e outros serviços. Nas últimas semanas, era comum as aglomerações, mas desde a segunda-feira (04), medidas conjuntas entre a Secretaria de Serviços Públicos (SESEP), de Assistência Social (SEMAS), Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) e Guarda Municipal resultaram em filas organizadas e contribuído para evitar aglomerações.

As ações envolveram o bloqueio das ruas onde ficam localizadas as duas agências da Caixa Econômica Federal de Alagoinhas, marcação no asfalto com setas para o posicionamento dos usuários a uma distância de 1,5m e a instalação de gradis e banheiros químicos.

Como parte da estratégia, equipes da assistência social  foram reforçadas nas agências e lotéricas, para suporte à CAIXA na triagem de documentos e orientações em relação ao Auxílio Emergencial e outros benefícios, iniciativa que garante uma maior agilidade no atendimento e a redução do número de pessoas nas filas.A Guarda Municipal também  está presente nestes locais para orientar as pessoas sobre a necessidade do devido distanciamento.

Foto: Roberto Fonseca

Vale ressaltar que os receberam o crédito do auxílio em poupança da Caixa, podem movimentar o valor digitalmente pelo aplicativo Caixa, pelo Internet Banking ou mesmo utilizando o cartão de débito em suas compras. Aqueles que receberam o crédito por meio da Poupança Digital Caixa podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone e fazer transferências para outros bancos, por meio do aplicativo Caixa Tem.

A prestação de informações sobre cadastro e pagamento do Auxílio Emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial, do site auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111.

Foto: Roberto Fonseca

Atendimento especial

A falta de informação e o acesso à tecnologia são alguns dos gargalos que dificultam a chegada do Auxílio Emergencial a milhares de pessoas, especialmente  às mais carentes e/ou mais velhas.Pensando nisso, as equipes da SEMAS foram mobilizadas para um atendimento especial, que realiza cadastramento e tira as dúvidas dos beneficiários.O atendimento é de segunda à sexta, das 8h às 16h, na sede da secretaria, localizada na Rua Severino Vieira, na unidade descentralizada do CadÚnico do Centro, que fica ao lado da Prefeitura, no Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) e nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Boa União, Riacho da Guia, Nova Brasília e Praça do CEU.

Os interessados devem comparecer ao local portando o seu RG, CPF, número de celular para contato, comprovante de residência e número da conta do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. Caso a pessoa não possua conta nestes bancos, os encaminhamentos para a abertura serão feitos na hora do atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *