quarta-feira, agosto 5
Shadow

“A fita era para ser, inclusive, destruída”, diz Bolsonaro sobre vídeo

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que pretendia destruir o vídeo da reunião ministerial anexada ao inquérito sobre a suposta interferência na Polícia Federal.

“A fita era para ser, inclusive, destruída. Não sei por que não foi”, declarou o presidente durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (12), na porta do Palácio do Planalto.

A gravação foi apontada pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, como prova contra Bolsonaro.

“Poderia ter falado isso [que a fita foi destruída]? Poderia. Mas jamais eu ia faltar com a verdade. Por isso, resolvi entregar a fita. Se eu tivesse falado que foi destruída, iam fazer o quê? Nada. Não tinha o que falar”, afirmou o presidente.

Fonte: Bocão News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *