Shadow

Bolsonaro admite em vídeo que queria proteger família, diz emissora

Uma das partes mais fortes da gravação da reunião ministerial do dia 22 de abril confirma que Jair Bolsonaro queria mudar o comando da Polícia Federal no Rio de Janeiro para proteger a família. A informação é do jornalista Daniel Adjuto, da CNN Brasil.

Segundo a emissora, o presidente da República teria afirmado que a troca na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro seria para “evitar perseguição à família”. Bolsonaro chegou a dizer também que poderia substituir Moro, caso não conseguisse a troca. O vídeo foi exibido nesta terça-feira (12) na sede da Polícia Federal em Brasília.

Mais cedo, a defesa do ex-ministro Sergio Moro disse em nota que as gravações confirmam “integralmente” as revelações feitas quando anunciou sua saída do Ministério da Justiça. As declarações também foram reafirmadas em depoimento, no início do mês.

De acordo com o ex-juiz federal, Bolsonaro tinha interesse de trocar a direção-geral da Polícia Federal para alguém com quem pudesse trocar informações – o que o próprio Bolsonaro confirmou, em pronunciamento no dia 24 de abril, quando Moro anunciou sua saída. Moro revelou também que o presidente da República insistia na troca de comando da PF no Rio de Janeiro movido por interesses.

Fonte: bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *