Shadow

Decisão judicial pode encerrar atividades de fábrica da Heineken em Alagoinhas

As atividades da fábrica da Heineken em Alagoinhas podem ser encerradas. Segundo o blog Radar Econômico, da revista Veja, um acordo firmado entre o empresário baiano Maurício Britto Marcellino da Silva e a Agência Nacional de Mineração (ANM) pode rever as licenças de exploração de água no local. A negociação está próxima de ser homologada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A publicação informa que o empresário briga na Justiça há mais de 20 anos para ter o direito de exploração de água onde fica o terreno da cervejaria. Um outro acordo foi feito para que a ANM não pagasse multa no valor de R$ 8 milhões por conta do descumprimento da decisão.

Em nota enviada à Veja, a Heineken informou que não foi notificada sobre a decisão e que “que não há qualquer possibilidade de fechar sua cervejaria em Alagoinhas e encerrar suas atividades na cidade”, e também que “o grupo possui todas as licenças para operar sua unidade e reitera que não há decisão judicial ou administrativa que impacte essa condição”.

No final do mês passado, a gigaholandesa anunciou que o preço do seu produto deve sofrer reajuste após queda no faturamento.

Fonte: Varela Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *