segunda-feira, janeiro 18
Shadow

Defensoria Pública da União pede que Justiça Federal adie o Enem

A Defensoria Pública da União (DPU) pediu nesta sexta-feira, 8, à Justiça Federal de São Paulo, em tutela de urgência, o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A DPU justifica o pedido por conta do avanço da pandemia de Covid-19 no país.

O exame, que é a principal forma de acesso ao ensino superior no Brasil, está marcado para os próximos dias 17 e 24 de janeiro. As principais entidades estudantis do país, União Nacional dos Estudantes (UNE) e União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), entraram como “amicus curiae” (amigo da corte) na ação.

“Temos uma prova agendada exatamente no pico da segunda onda de infecções, sem que haja clareza sobre as providências adotadas para evitar-se a contaminação dos participantes da prova, estudantes e funcionários que a aplicarão”, diz o pedido, assinado pelo defensor João Paulo Dorini.

A defensoria pede que o exame seja adiado “até que possa ser feito de maneira segura, ou ao menos enquanto a situação não esteja tão periclitante quanto agora.”

FONTE: A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *