terça-feira, dezembro 1
Shadow

Tag: IMBASSAHY

Imbassahy deixa Secretaria de Governo

Imbassahy deixa Secretaria de Governo

Brasil, Destaque, Política
O ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira (8). Ele entregou sua carta de exoneração em que afirma ter sido “uma honra” fazer parte do governo de Temer e disse ter “trabalhado com foco para manter a estabilidade política do país”. Imbassahy é deputado federal do PSDB e havia se licenciado do mandato para ocupar o cargo no governo. Ele não explicou o motivo da saída, apenas citou “novas circunstâncias no horizonte”. “Agora, senhor presidente, novas circunstâncias se impõem no horizonte. Agradeço ao meu partido, o PSDB, que entendeu que, após tarbalhar pelo impeachment [da ex-presidente Dilma Rousseff], e por coerência com a sua história, não poderia se omitir nesse processo de recuperação do país”, disse, na carta. O nome do deputado Ca
Imbassahy será mantido por Temer no governo, diz coluna

Imbassahy será mantido por Temer no governo, diz coluna

Política
Mesmo que deixe o PSDB, o que é tratado como certeza por cardeais tucanos, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, continuará no núcleo central do governo Michel Temer (PMDB), segundo a coluna Satélite, do jornal Correio*. De acordo com a coluna, a permanência foi confirmada em uma reunião entre Temer e Imbassahy, segunda-feira à tarde, no Palácio do Planalto. Integrantes da ala governista na bancada baiana em Brasília avaliam que o ministro ganhou a confiança de Temer, de quem se tornou um dos mais leais e próximos colaboradores, e será mantido por decisão unilateral do presidente. “Imbassahy está na cota de Temer, independente de partidos e apesar da pressão por parte de setores do PMDB e do centrão, que reivindicam mudanças na articulação política”, destaca um pa
Imbassahy está sem espaço na política baiana

Imbassahy está sem espaço na política baiana

Política, Últimas notícias
Apesar de todas as tentativas de derrubada do ministro articulação política do presidente Michel Temer (PMDB) por parte de deputados do “centrão” terem sido infrutíferas, é na política baiana que Antonio Imbassahy (PSDB) enfrenta grandes dificuldades. Tamanho desgaste nos bastidores da política nacional também repercute na política local, algo que o deputado federal precisa pensar e se virar. Imbassahy, hoje, tem pequenas chances de ser indicado pelo PSDB para compor a possível chapa que deverá contar com prefeito de Salvador ACM Neto na disputa pelo governo estadual. A alternativa seria sair para outro partido forte, o PMDB. No entanto, atualmente é uma sigla devastada na política local com o ocaso de Geddel Vieira Lima, o que impede o ministro de concorrer ao cobiçado cargo de senador.