terça-feira, junho 18

Tag: impostos

Aumento de impostos é 'queda de braço' entre governo e Justiça, afirma Sindicombustíveis

Aumento de impostos é 'queda de braço' entre governo e Justiça, afirma Sindicombustíveis

Brasil, Destaque
A Justiça Federal suspendeu o aumento de impostos sobre combustíveis, mas a Advocacia-Geral da União (AGU) logo garantiu a suspensão da liminar, prevalecendo o decreto. Assim, por mais que os preços sejam independentes em todas as etapas de produção, a alta já reflete nos postos de combustíveis. "Nós somos contra esses aumentos absurdos na carga tributária, mas não participamos desse processo", salienta José Augusto Costa, presidente do Sindicombustíveis. Para ele, a situação "é uma queda de braço entre o governo federal e a Justiça Federal". Costa comenta que a liminar que suspendeu o aumento “caiu” sem nunca ter entrado em vigor, já que no dia seguinte outra decisão judicial se sobrepôs, autorizando o reajuste da alíquota do PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol. O assunto,

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou impostos sobre combustíveis

Brasil, Destaque
O juiz substituto Renato Borelli determinou nesta terça-feira (25) a suspensão imediata do decreto publicado na semana passada pelo governo federal que aumentou o imposto que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol. Ainda cabe recurso. A decisão determina o retorno dos preços anteriores ao aumento dos combustíveis. O juiz da 20ª Vara Federal de Brasília suspendeu o aumento da alíquota de PIS/Confins e disse que atendeu pedido feito em ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou através de nota que vai recorrer da decisão. Na Bahia, os postos reajustaram o valor dos combustíveis, repassando para as bombas o aumento da alíquota do PIS/Cofins, antes mesmo de os produtos chegarem com a nova tarifação. O CORREIO percorreu 20 post
Ministro da Fazenda não descarta novos aumentos de impostos “se necessário”

Ministro da Fazenda não descarta novos aumentos de impostos “se necessário”

Brasil, Destaque, Política
Camila Maciel – Agência Brasil   O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (24) que o governo não discute novos aumentos de impostos, mas, caso seja necessário, eles serão feitos. Na última semana, houve reajuste do Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol. “Não discutimos isso, porque não é uma situação que se coloca no momento. Tudo é possível, se necessário. Tenho falado isso desde agosto do ano passado. Mas, hoje, nós estamos preocupados em concretizar outras receitas”, disse o ministro, após participar de reunião com investidores na capital paulista. Meirelles destacou que trabalha para a confirmação de receitas como o adiantamento das outorgas do Aeroporto Internaciona
Governo Temer pode anunciar aumento de impostos nesta quinta, diz coluna

Governo Temer pode anunciar aumento de impostos nesta quinta, diz coluna

Brasil
O governo do presidente Michel Temer (PMDB) deve anunciar nesta quinta-feira (20) um aumento de impostos, de acordo com informações da colunista do jornal O Globo Miriam Leitão. Segundo a matéria, apesar da arrecadação no primeiro semestre ter crescido 0,77%, isso não foi suficiente para resolver o problema fiscal do país. A decisão sobre o reajuste deverá ser tomada ainda na tarde desta quarta-feira (19), e pode ser anunciada na quinta.  Metro 1