Segunda, 15 de Abril de 2024
075 992680030
Geral MP - BA

Cartilha de combate à violência doméstica é apresentada a associações em Feira de Santana

A Cartilha de Orientação para Pessoas Envolvidas em Violência Doméstica foi apresentada na sede do Escritório Regional do Ministério Público estadu...

03/04/2024 13h06
21
Por: Redação Fonte: MP - BA
Foto: Reprodução/MP - BA
Foto: Reprodução/MP - BA

A Cartilha de Orientação para Pessoas Envolvidas em Violência Doméstica foi apresentada na sede do Escritório Regional do Ministério Público estadual em Feira de Santana às Associações de Mulheres do Município. Coordenado pelos promotores de Justiça André Garcia de Jesus e Nayara Valtércia Gonçalves Barreto, o evento foi realizado no dia 26 de março, pelo Centro de Apoio Operacional Criminal (Caocrim), em parceria com a 20ª e a 25ª Promotorias de Justiça de Feira de Santana e contou ainda com a participação da Sargento Iranildes da Ronda Maria da Penha com a palestra “Como a autoestima pode contribuir na prevenção da violência nos relacionamentos”.

Foto: Reprodução/MP - BA
Foto: Reprodução/MP - BA
Os promotores de Justiça André Garcia de Jesus e Nayara Valtércia Gonçalves Barreto falaram da importância da parceria com as associações para alcançar as mulheres que residem nos distritos mais distantes do centro de Feira de Santana. “Nos locais mais remotos, muitas vezes o acesso a esse tipo de informação é limitado”, salientaram os promotores, destacando que o conteúdo da cartilha, organizada de forma simples e objetiva, permite alcançar todas as classes sociais, servindo como um “manual de combate à violência doméstica”. Além de prestar os esclarecimentos às representantes das associações e da população presentes na reunião, o MP distribuiu ainda cartazes, nos quais consta o QR Code com o link para que qualquer pessoa possa baixar a cartilha, sendo possível ainda que as associações encaminhem às suas associadas o material via aplicativo de mensagem. “Nosso objetivo é que o conhecimento atinja o maior número possível de pessoas, assegurando a efetivação dos direitos das mulheres”, afirmou o promotor de Justiça André Garcia de Jesus.

Fotos: Sérgio Figueiredo

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo, SP
Atualizado às 06h07
21°
Tempo nublado

Mín. 19° Máx. 21°

21° Sensação
2.57 km/h Vento
88% Umidade do ar
100% (2.05mm) Chance de chuva
Amanhã (16/04)

Mín. 19° Máx. 27°

Tempo nublado
Amanhã (17/04)

Mín. 20° Máx. 26°

Chuva
Ele1 - Criar site de notícias