Sábado, 18 de Maio de 2024
075 992680030
Câmara dos Deputados Câmara dos Dep...

Secretária afirma que monitoramento de eventos climáticos já previa enchentes como a do Rio Grande do Sul

Representante do governo que participou de audiência na Comissão Mista de Mudanças Climáticas pede respeito aos dados científicos

15/05/2024 20h52
17
Por: Redação Fonte: Agência Câmara

Em debate sobre o Plano Nacional sobre Mudança do Clima, realizado nesta quarta-feira (15) na Comissão Mista de Mudanças Climáticas, a secretária Nacional de Mudança do Clima do Ministério do Meio Ambiente, Ana Toni, informou aos parlamentares presentes à audiência que o governo federal está empenhado em encontrar meios de neutralizar até 2050 as emissões de gases do efeito estufa no País.

Ela também cobrou respeito aos dados científicos sobre o tema, lembrando que o monitoramento de eventos climáticos já previa a ocorrência de situações extremas como as enchentes no Rio Grande do Sul.

"[Ouvindo a ciência] teríamos capacidade de não só mitigar o que é necessário, mas também fazer muitas das mudanças estruturais de adaptação e de prevenção que temos [que fazer]", disse a secretária.

Citando a coerência dos dados científicos apontando para uma “espiral de aquecimento”, ela atribuiu a crise do clima às consequências de escolhas de modelos de desenvolvimento de décadas passadas, principalmente o uso de fontes de energia geradoras de gases do efeito estufa.

Ana Toni disse que os efeitos dessa situação “vão estar conosco por pelo menos mais 10, 20, 30, 40 anos”, e também citou o Rio Grande do Sul para citar a responsabilidade conjunta de todos os países nessa crise.

"No Rio Grande do Sul, quando acontece uma tragédia dessas, quem se importa somos nós, brasileiros. Por isso, é de nosso interesse assegurar não só que façamos nossa lição de casa, mas que todos os países façam sua lição de casa", disse.

Prevenção
Ana Toni alertou que todas as regiões estão vulneráveis a desastres climáticos e, apresentando dados estatísticos, mostrou que a maioria dos municípios apresenta baixa capacidade de adaptação às mudanças atmosféricas. No entanto, conforme ressaltou, o Rio Grande do Sul está numa região de capacidade razoável neste aspecto, mas também tem sofrido com a tragédia das enchentes:

"Se não lidarmos com adaptação e prevenção, a gente vai estar enxugando gelo", afirmou.

Ela sublinhou que o enfrentamento às mudanças do clima é uma das prioridades do governo federal, de modo a reinserir o Brasil no protagonismo do debate climático e mostrar a responsabilidade global do país como sexto maior contribuidor de gases do efeito estufa.

Para o cumprimento do plano de carbono neutro em 2050, segundo Ana Toni, cada segmento da economia terá que aumentar a neutralização de suas emissões, e cabe ao Legislativo o “trabalho hercúleo” de integrar os esforços de União, estados e municípios com os setores privado, acadêmico e da sociedade civil.

"Este é o nosso desafio pensando quais serão os setores que vão contribuir para esta diminuição", disse.

Comportamento
A deputada Flávia Morais (PDT-GO) reconheceu que é preciso "trabalhar muito para dar uma resposta a esses acontecimentos que têm preocupado a todos". A parlamentar acredita que esse é o momento oportuno para "fazer a grande virada". "Hoje, mais do que nunca, a população, a opinião pública, já tem a consciência da necessidade de trabalharmos mudanças de comportamento", disse Flávia.

A audiência pública da comissão mista foi presidida pela deputada Socorro Neri (PP-AC), presidente do colegiado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo, SP
Atualizado às 20h10
21°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 30°

21° Sensação
3.6 km/h Vento
86% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (19/05)

Mín. 19° Máx. 29°

Parcialmente nublado
Amanhã (20/05)

Mín. 18° Máx. 29°

Tempo limpo
Ele1 - Criar site de notícias